Empreendedorismo no ramo veterinário
Empreendedorismo no ramo veterinário
Posted by

Empreendedorismo no ramo veterinário

Um dos mercados que mais cresce atualmente é o segmento de trabalho com animais, seja para segmentos domésticos, com pets como cachorros e gatos, ou então no tratamento de grandes animais, como cavalos, gado, entre outros.

Um dos mercados que mais cresce atualmente é o segmento de trabalho com animais, seja para segmentos domésticos, com pets como cachorros e gatos, ou então no tratamento de grandes animais, como cavalos, gado, entre outros. Para o empreendedor que deseja se aventurar neste ramo, no entanto, é necessário saber que há uma boa dose de detalhes na preparação do negócio.

O primeiro ponto é saber e conhecer o ramo de atividade. Será fundamental contratar veterinários e preparadores acostumados a lidar com determinado tipo de animal. Conhecer a rotina de criação e comportamento cognitivo também será um dos pilares do negócio.

Após este passo, será necessário diferenciar a tarefa: seu ramo será tratamento médico, criação ou treinamento? A partir daí, busca-se os profissionais e instalações adequadas. Para a criação de cavalos, por exemplo, são necessárias acomodações próprias para acalmar o animal, munidos de equipamentos como estrado vazado, alimentação balanceada, arejamento, isolamento acústico, entre outros.

Depois de contratar a equipe e preparar as instalações e equipamentos, chega a hora de divulgar o serviço e conquistar clientes. Note que a várias ferramentas disponíveis para isso, cabendo ao empreendedor usar boas técnicas de Marketing no processo.

Outro ponto crucial é entender a legislação vigente do segmento sob a ética veterinária. Existem órgãos controladores que fiscalizam a execução dos trabalhos. Criar cavalos, por exemplo, é uma atividade que demanda muita organização. Além dos equipamentos como o estrado emborrachado, baias e corredores de circulação, é fundamental seguir todos os pontos previstos na Lei 7.291, elaborada pela Comissão Coordenadora da Criação do Cavalo Nacional – CCCCN.

Apesar do esforço inicial ser considerável, os ganhos do segmento de criação e veterinários costumam ser muito compensadores. O mercado tem disponibilizado demanda e a cada vez mais clientes em busca de serviços.

Fonte: http://www.administradores.com.br/artigos/empreendedorismo/empreendedorismo-no-ramo-veterinario/85116/

Comments

comments

0 Comentários desativados em Empreendedorismo no ramo veterinário 732 28 abril, 2017 Gestão Veterinária abril 28, 2017
Avatar

About the author

Thais Almeida é diretora e curadora de conteúdo deste portal.

View all articles by Administrador

Pesquisa

Cursos

FB Like Box